...

Eu e o forum da RNL

Hoje decidi deixar de usar o fórum da RNL. Como tal coloquei o seguinte post no forum da RNL:

Caríssimos, este vai ser a ultima vez que venho ao fórum. Estou completamente farto de ter posts censurados no fórum, por motivos absolutamente idiotas. Querem ter um fórum completamente higiénico, tenham. Eu vou para o outro fórum, onde embora sejam só caloiros a trocar projectos e a dizer porcaria, pelo menos ainda dá para conversar livremente. Quero te tenham atenção que já foram banidos utilizadores daqui pelas razões mais incríveis (p.e. ameaças porque a pessoa que leu o post não conseguiu perceber o fluxo de conversa), e até uma das pessoas mais interessadas no fórum, o aadsm. Alem disso, já não é a primeira vez que me sinto violado pela actual administração. Eu sei, porque me disseram, que já andaram a ler ficheiros da minha área do nexus. Acho isso uma completa quebra de privacidade e não sinto qualquer tipo de confiança em deixar qualquer trabalho meu num dos serviços providenciados pela actual administração. Este tipo de acções são deveras exasperantes. Já sei que os administradores vão dizer que dado que este serviço está debaixo da alçada do DEI têm que manter um certo tipo de nível.Mas a sobrevivência de qualquer comunidade está no seu crescimento orgânico. Ainda bem que já quase não tenho que ir ao “buraco” que é a RNL. Felizmente estou a acabar o curso e estou quase a não por os pés ai nunca mais. Não vou ler qualquer tipo de respostas. Se precisarem de falar comigo, enviem me um mail. Fiquem com o vosso fórum que eu vou para um sitio onde me sinto mais bem tratado.

A minha decisão foi motivada por vários factores mas aquilo que falo no post é o seguinte:

Os posts

Ontem fui sair á noite, e quando cheguei a casa decidi não me deitar e seguir directamente para a aula que tinha ás 8 da manhã. Como ainda eram 6 da manhã decidi escrever um pequeno post sobre a minha noite, acerca de uma rapariga que tinha visto nessa noite.

Qual é o meu espanto quando hoje sou informado que esse post tinha sido apagado.

Eu tenho uma tendência para quando chego a casa relativamente embriagado ir fazer post no fórum da RNL, em particular na thread da 5 da manhã. O que se passou é que a maioria destes posts tem sido apagados sucessivamente. O meu problema com isto é que esses posts embora mal escritos, nunca são ataques ou são ofensivos. Alias eu faço os nesta thread porque me parece indicada para este tipo de conteúdo, e em ultimo caso porque estou aborrecido, e me apetece partilhar o meu estado de mente.

A naturesa dos posts pode ser considerada algo brejeira. Mas a questão é que os posts foram colocados numa thread apropriada para este tipo de assuntos, e não são ofensivos. Neste ultimo o facto de usar duas expressões mais agressivas pode ter sido motivado pelo meu estado inebriado, mas tambem se tratava de utilizar expressões mais “coloridas” para melhor atingir o meu objectivo.

É prerrogativa da a administração da RNL poder achar este tipo de conteúdos não são úteis nem validos para o funcionamento do serviço mas eu acho que o fórum da RNL deve servir como uma espécie de agora, para não só partilhar ideias e criar discussões sobre os mais variados tópicos, mas também pode servir para aqueles momentos de “diarreia metal” e acho que é esta serendipicidade que dá ao fórum o seu valor.

A questão de privacidade

Eu sempre detestei usar Sistemas de Controlo de Versões. Tenho sempre o azar para estragar o repositorio central.

O semestre passado, durante o primeiro projecto da cadeira de PA, para facilitar o desenvolvimento decidi criar um repositório no nexus para cada elemento do grupo poder trabalhar em casa. Só que enquanto tentava instalar um hook no repositório para os outros elementos serem notificados por email quando era feito um commit para o repositório, apaguei a base de dados central a meio do projecto.

Para evitar outro evento destes, decidi criar um pequeno script que todos os dias criava um tgz e o guardava numa pasta, e usando screen meti o processo em background.

Porem a administração não permite que sejam executados processos em background no nexos. Passado 3 dias um dos administradores que eu conheço pessoalmente veio falar comigo através de IM a alertar para a situação e que tinha inspeccionado o ficheiro de forma a verificar qual era o intuito do processo.

E é aqui que para mim surge a tal quebra de privacidade.

O que se passa é para a administradores, inspeccionarem ficheiros que consideram suspeitos é natural. Para mim é uma política um bocado creepy e alem disso, acho estranho ser necessario necessário estas medidas extremas dado que estamos num sistema de numa organização fechada e é fácil de contactar os proprietários de uma conta quer por email ou telefone.

A titulo de exemplo, durante o meu primeiro ano no IST, eu e um colega meu criar-mos um programa em C que basicamente criava em ciclo infinito threads, e lembramos de colocar o programa a correr no antigo thor . O que aconteceu foi que o processo foi morto (das duas vezes) e fomos contactados por email pela administração para explicarmos o que se passava.

Obstante a isto, pode ser política daquela organização que os administradores inspeccionem ficheiros suspeitos, mas a verdade é que me senti algo violado por terem andado a olhar para o dito ficheiro.

Vamos por por hipótese que este script em vez de executar um simples backup executava uma tarefa qualquer mais estranha como fazer upload de qualquer coisa num site obscuro, e que a simples analise do seu conteúdo transmitia dados sensíveis. era perceptível qualquer tipo de informação sobre mim que não pretendia fosse conhecida (por exempo: preferencias sexuais, dados de saúde, problemas pessoais,etc.).

Convém ainda notar isto. Podia ser possível que o ficheiro em questão estava a gerar qualquer tipo de logs ou efeitos secundários que permitiam extrapolar o seu conteúdo. Neste caso claramente considero que não há qualquer tipo de violação da privacidade. A questão está é que inspeccionar o ficheiro é um acto explicito.

Aquilo que coloquei no post é uma opinião minha e sem duvida não é qualquer tipo de comentário injurioso. O que se passou foi o que estava aqui descrito em cima. Alem disso sinto que não vou usar aqueles serviços. Podem-se dar voltas e mais voltas, mas a questão essencial aqui é que foi aberto um ficheiro o qual não era propriedade da administração, embora a administração achasse que era sua responsabilidade ver o ficheiro.

E agora está na altura de meter este caso na gaveta que tenho mais para fazer na vida.